Estudo no Reino Unido relaciona covid-19 a aumento de diabetes tipo 1 em crianças

Estudo no Reino Unido relaciona covid-19 a aumento de diabetes tipo 1 em crianças
Foto de Ekaterina Shakharova por Unsplash

Um estudo em pequena escala no Reino Unido observou que os casos de diabetes tipo 1 em crianças quase dobraram durante o pico da epidemia britânica de covid-19. Segundo a agência de notícia Reuters, os pesquisadores do Imperial College de Londres acreditam que uma ligação possível entre as doenças precisa ser investigada.

LEIA MAIS:

Karen Logan, coautora da pesquisa, afirmou que o número de casos novos de diabetes tipo 1 em crianças foi “anormalmente alto” em dois hospitais estudados em comparação com dados de anos anteriores. “Quando investigamos mais, algumas destas crianças tinham coronavírus ativo ou já haviam sido expostas ao vírus”, explicou à agência. Segundo a pesquisadora, existem relatos semelhantes na China e na Itália.

Publicado no jornal científico Diabetes Care, o estudo considerou as informações de 30 crianças diagnosticadas com diabetes tipo 1 em hospitais de Londres durante o pico da pandemia de covid-19 no Reino Unido. Segundo a Reuters, 21 das crianças tiveram resultados positivos ou passaram por testes de anticorpos para verificar se tinham sido expostas à doença; cinco tinham infecções do novo coronavírus.

Para os cientistas do Imperial College de Londres, uma explicação possível é que o novo coronavírus pode atacar células do pâncreas que produzem insulina. A diabetes tipo 1, por sua vez, impede o corpo de produzir insulina suficiente para controlar os níveis de açúcar no sangue por causa da destruição das células pancreáticas.