Museu da energia tem atividades online para crianças na quarentena

Foto: Gustavo Morita

Com o novo enrijecimento das regras para a quarentena e isolamento social por conta da pandemia do coronavírus, mais uma vez as crianças estão dentro de casa sem poder sair para brincar.

Com isso, as famílias voltaram a procurar alternativas de entretenimento para dentro de casa. Uma dessas alternativas é o conjunto de atividades promovidas por institutos e museus, como o Museu da Energia, que tem unidades em São Paulo, Itu e Salesópolis.

No canal no YouTube do museu são publicados constantemente vídeos educativos, tours virtuais pelas unidades, peças teatrais, shows musicais e palestras. Todos os conteúdos envolvem os temas trabalhados pela entidade: água, iluminação, saneamento e recursos naturais.



No Facebook e no Instagram do museu também está disponível a websérie “Quem foi Dona Ignácia?”, que conta a história de Ignácia Joaquina Correia Pacheco, que foi uma das poucas mulheres empreendedoras no século XIX. Seu casarão, que fica em Itu, abriga a unidade do Museu da Energia na cidade e também é o cenário da série.

O museu também disponibiliza em seu site a consulta a seu acervo virtual, que traz clippings, documentos e outros materiais, que mostram como foi o desenvolvimento de São Paulo, desde a chegada da energia no estado.

O Museu da Energia também está realizando um projeto de restauração de 3600 peças de seu acervo, que inclui modelos de luminárias a gás do final dos 1800, lâmpadas utilizadas na iluminação pública de cidades paulistas no início do século 20, eletrodomésticos, incluindo alguns dos primeiros aparelhos importados ao Brasil, na primeira metade do século 20, e ainda equipamentos e ferramentas usados em sistemas de energia, como um escafandro, da década de 1930, usado na manutenção subaquática de usinas elevatórias no Rio Pinheiros.

Deixe uma resposta