Pai projeta playground acessível para filha e vira modelo para outras cidades

Pai projeta playground acessível para filha e vira modelo para outras cidades
Imagem de Harper’s Playground

Um morador de Portland, nos Estados Unidos, decidiu revolucionar o playground da cidade reformando-o para atender às necessidades de sua filha deficiente. Segundo o site Good News Network, a ideia surgiu dez anos atrás quando G Cody QJ Goldberg levou a filha Harper, que é cadeirante, ao playground pela primeira vez. O pai ficou muito chateado ao descobrir que os brinquedos não eram acessíveis à sua filha.

LEIA TAMBÉM:

Goldberg foi à prefeitura para analisar a remodelação do parquinho para as crianças deficientes. O departamento de parques e recreação da cidade o informou que eles não tinham dinheiro para novos projetos, mas que apoiariam a reconstrução caso fosse realizada de maneira privada.

Então, inspirado por sua filha, para que ela pudesse brincar no playground junto com outras crianças, ele resolveu redesenhar o modelo do parquinho e lançou a campanha Harper’s Playground, uma organização sem fins lucrativos com o intuito de abrir mais playgrounds acessíveis.

Depois de três anos de doações, eles conseguiram abrir o primeiro parque acessível em 2010. O playground tem de tudo, desde instrumentos musicais e equipamento de brincadeira acessível à deficientes físicos, até rampas asfaltadas para a locomoção de uma cadeira de rodas.

Hoje, com 10 anos, a organização já inspirou a construção de diversos outros playgrounds em outras cidades dos Estados Unidos.

Veja um vídeo sobre o projeto de Goldberg: