É tempo de volta às aulas! Veja nossas dicas para um retorno mais tranquilo

Muitas escolas voltam às aulas nesta segunda-feira (5).

Enquanto muitos os pais comemoram o retorno à vida normal, esse processo pode ser um pouco difícil, já que as crianças se acostumaram a um ritmo diferente da rotina de aulas.

Para ajudar os pais a reorganizarem a rotina, a analista do comportamento e diretora do Instituto de Educação e Análise do Comportamento (IEAC), Michelli Freitas, listou dicas para que o retorno às aulas seja o mais tranquilo possível.

1 – Lembrança das férias
Estimule seus filhos a relembrarem tudo o que fizeram nas férias. Eles podem até levar para a escola algumas lembranças, como fotos ou itens que representem o que fizeram no período de folga. “Com certeza eles têm muito a contar e os amiguinhos vão adorar saber!”, diz Michelli.

2 – Diálogo
Converse com as crianças sobre o que elas esperam da volta às aulas. “Questione se estão animadas, ou não, e as razões”, aconselha a analista de comportamento.

3 – Horário
Sabemos que esse item é difícil de colocar em prática, mas os pais precisam reorganizar os horários dos filhos. Isto vale para os horários de dormir, refeições e outras atividades. Geralmente as crianças acabam indo dormir mais tarde durante as férias, então a dica do Cabeça de Criança é ir gradualmente antecipando o horário de dormir, para que os pequenos adormeçam e despertem mais cedo durante a semana letiva.

4 – Organização
Ensine as crianças a partir de seis anos a usarem um calendário ou agende, para que comecem a ter senso de responsabilidade com sua rotina e atividades importantes. Deixe que escolham a agenda com a temática da preferência deles e que se envolvam no processo.

5 – Planejamento
Já para as crianças maiores, acima de oito anos, é importante ensinar a fazer listas de tarefas e também respeitar prazos.

6 – Programação
Aproveite as dicas acima e crie também um calendário familiar já com a programação para o semestre. Coloque festas de amigos, eventos da escola, passeios, viagens, consultas médicas, e outros compromissos familiares.

7 – Controle a ansiedade
Com o cronograma de aulas em mãos, converse com a criança e explique como será o semestre e o que será aprendido para alinhar a ansiedade e expectativa.

8 – Família
Aproveite os momentos em família para relembrar as regras da casa e regular o uso de eletrônicos, já que nas férias eles costumam ficar mais liberados. “Reserve um horário no dia para que todos possam estar juntos”, diz Michelli.

9 – Mudanças de comportamento
Notou algum problema específico com a criança, dificuldade ou alteração de comportamento nas férias? “Hora de avisar a escola e os professores para que fiquem atentos e ajudem a entender o que está acontecendo”, diz a analista de comportamento.

10 – Afeto
Para os mais novos, combine encontros com os coleguinhas, para que os laços possam ser reativados entre as crianças.

11 – Relembre
Nas horas livres, faça passeios como museus ou atividades que resgatam conhecimentos escolares e assim preparam o cérebro para voltar ao ritmo de aprendizado novamente.

12 – Lazer
Com a ajuda dos pequenos bole uma lista de atividades de recreação para fazer após a escola ou nos fins de semana.

13 – Novas atividades
Também é um momento de pensar em uma atividade extracurricular. Pais e filhos podem escolher juntos e debaterem esta nova rotina”, afirma Michelli.

14 – Paciência
Os pais devem estar preparados para contratempos e toda a readaptação dos estudantes. “Momentos de caos podem surgir, contudo a paciência é extremamente necessário para ajustar a rotina novamente”, diz a analista de comportamento.