1

Brincar na areia é diversão garantida

Brincar na areia

Que tal aproveitar esses dias de calor em pleno inverno para levar seu filho a um parque para brincar com areia?

Esse passatempo simples e acessível ajuda a desenvolver a coordenação motora e a trabalhar os sentidos. Faz a criança sentir diferentes texturas e explorar conceitos de profundidade, espaço, tamanho, formas e cheio e vazio.

Eis algumas atividades que você pode incentivar as crianças a fazer: colocar e retirar a areia de potes e baldes; cavar; empilhar e fazer montinhos; molhar a areia e construir coisas como castelos e animais, com a ajuda de formas; esconder objetos na areia e desenhar com palitos e galhos.

Fique atento a alguns cuidados para garantir uma diversão tranquila:

Pergunte ao pediatra quando seu bebê pode começar a brincar com areia. Alguns liberam a partir de um ano, outros podem  deixar antes…depende do médico e do desenvolvimento do seu filho.

– Procure um parque ou praia limpos e onde não haja circulação de cachorros e gatos que possam defecar na areia. As fezes de animais podem transmitir parasitas como o bicho geográfico.

– Fique atento: seu filho provavelmente vai tentar colocar a areia na boca nas primeiras vezes em que entrar em contato com ela.

– Algumas crianças não curtem sentir texturas diferentes das quais estão acostumadas, como água, grama e areia. Não force a barra e ajude seu filho a se acostumar com a novidade aos poucos.

– Não deixe a criança esfregar os olhos com as mãos sujas de areia. Se alguns grãos atingirem o olho, limpe-o com água. Se possível, lave com soro fisiológico, mas, se não tiver esse produto à mão, use água da torneira mesmo. Caso o olho fique vermelho ou a criança se queixe de dor, é melhor levar a um oftalmologista.

– Se seu filho ficar com muita areia grudada no corpo, tem uma dica que é tiro e queda: polvilhe talco pelas áreas sujas e espalhe com as mãos. Os grãos vão sair facilmente.

Fotos: Juliana Tiraboschi / Todos os direitos reservados

0

Passear com criança é tudo de bom

Passeio com criança

Hoje é Sexta-feira Santa, dia de feriado. Para os pais que trabalham fora, é um dia a mais na semana para curtir os filhotes. E o que fazer com as crianças? Passear, é claro, para apresentar novos estímulos e explorar os sentidos.

Leia também:
Os primeiros brinquedos do bebê
Você sabe brincar com seu bebê?

Para crianças menores, de até cinco anos, uma simples ida a um parque ou praça pode ser um evento e tanto. Mostrar a cor das árvores e plantas, sentir novas texturas, como a terra sob os pés, e observar insetos e pássaros são atividades muito interessantes para os pequenos.

Prestar atenção nas coisas que no dia a dia corrido passam batido e ouvir músicas novas também são dicas para ter um dia estimulante. E não esqueça das brincadeiras simples que costumam agradar às crianças menores, como soprar bolhas de sabão, chutar bolas e encher bexigas.

“Às vezes queremos sofisticar, mas elas se divertem com pouco ”, disse a psicóloga Lia Gonsales em entrevista ao Cabeça de Criança. “O mais importante é a atenção, a conversa e deixar um pouco de lado os eletrônicos que usamos quando precisamos distrair a criança para fazermos alguma coisa.”

a partir dos cinco anos, quando a criança tem um entendimento geral maior e passa mais tempo acordada durante o dia, os passeios podem ser um pouco mais elaborados. Nessa idade, teatro e cinema são ótimas pedidas. “Outra dica é procurar passeios alternativos e visitar bairros diferentes do seu”, afirma Lia. Em São Paulo, por exemplo, há tours guiados pelo centro e roteiros temáticos, com audioguia, disponíveis no site da SPTuris.

Passear de metrô ou ônibus é interessante para crianças que só andam de carro. Atividades esportivas, como jogar um esporte de quadra ou andar de bicicleta, também atraem a atenção dos maiorzinhos.

Mas o mais importante é aproveitar o tempo livre para reforçar a proximidade das crianças com a família. Não apenas pai e mãe como também avós, tios, primos e até amigos próximos. “Essa convivência faz com que as crianças sintam-se cuidadas e seguras e gera uma percepção de ter com quem contar”, diz Lia.

Bom feriado e aproveitem!

Foto: Visit Greenwich88x31