Dia da Matemática: Como estimular as crianças a se interessarem pela matéria

Foto: EmileKerss / Pixabay

Matemática é uma das matérias que mais “assusta” as crianças. Muitas acham o tema difícil, complicado e chato. Mas não precisa ser sim. Os pais podem e devem estimular os filhos a se interessarem por contas, cálculos e formas geométricas de um jeito mais divertido.

Neste Dia da Matemática (6 de maio), data dedicada a homenagear os profissionais que se dedicam a essa área de conhecimento, perguntamos ao Professor Ferretto, o maior influenciador de matemática da América Latina, como os pais podem inserir a matéria no dia a dia da criança de um jeito mais lúdico.

Algumas ideias são pedir a ajuda da criança para executar alguma receita na cozinha e ensinar a usar pesos e medidas; fazer lista de compras no supermercado e estimular as operações básicas soma, subtração, multiplicação e divisão); gerenciar a mesada (estímulo da matemática financeira) e brincar de jogos de baralho (ajuda a conhecer números e formas.).

Além disso, diversos jogos ajudam a despertar o gosto pela matemática. “Sudoku, Tangran, quebra-cabeça, jogo da memória, batalha naval e dominó são jogos simples que ajudam muito no domínio de números, lógica e operações básicas”, diz o professor.

Para Ferreto, o processo de ensino da matemática deve ser o mais natural possível para tirar a ideia de que é uma matéria difícil. “Atividades básicas de casa podem levar a matemática para as crianças de forma leve e divertida. Conhecimento de formas geométricas, frações e operações básicas estão presentes em qualquer atividade desenvolvida pelas pessoas, e ligá-las com o ensino da matéria torna o processo de aprendizado mais simples e prazeroso”, afirma.

O professor também desbanca um mito comum: o de que só se aprende matemática decorando fórmulas. Isso é não é verdade, já que para chegar ao resultado de uma conta é necessário praticar exercícios. Apenas decorar uma fórmula não faz ninguém aprender. “É necessário compreender quais foram os erros e acertos durante todo o processo da conta, desde o início até chegar ao resultado final”, diz Ferretto.

Deixe uma resposta